Defesa

Procedimentos para defesa:

Clique em Mestrado (Lembramos que o Programa não está pagando diárias, passagens ou auxílio deslocamento para membros externos da banca de defesa de dissertação)

Clique em Doutorado

RESSALTAMOS que a defesa deve ocorrer na data de término informada no histórico escolar do aluno e que a banca deve receber o trabalho final com 30 dias de antecedência para leitura no caso de defesa de dissertação e de tese.

 

 

 

 

Emissão da certidão negativa junto à BU pelo usuário - MEM CIR.01.BU.GR.UFSC.2018.                  Instruções_como emitir a certidão negativa junto à BU

 

 

 

Sobre a composição da banca de acordo com a Resolução Normativa nº95/CUn/2017, de abril de 2017:

Seção III

Da Defesa de Trabalho de Conclusão de Curso

 

Art. 63. Poderão ser examinadores em bancas de trabalho de conclusão os seguintes especialistas:

I – professores credenciados no programa;

II – professores de outros programas de pós-graduação afins;

III – profissionais com título de doutor ou de notório saber;

IV – para os mestrados profissionais, examinadores que cumpram os requisitos do SNPG;

§1º Estarão impedidos de serem examinadores da banca de trabalho de conclusão:

a) orientador e coorientador do trabalho de conclusão;

b) cônjuge ou companheiro (a) do orientador ou orientando;

c) ascendente ou descendente ou colateral até terceiro grau, seja parentesco por consanguinidade, afinidade ou adoção, do orientando ou orientador;

d) sócio em atividade profissional do orientando ou orientador.

§ 2º Em casos excepcionais relativos aos impedimentos do parágrafo 1º deste artigo, o colegiado delegado poderá avaliar e autorizar a participação de examinador.

 

Art. 64. As bancas examinadoras de trabalho de conclusão deverão ser designadas pelo coordenador do programa de pós-graduação e aprovadas pelo colegiado delegado, respeitando as seguintes composições:

I – a banca de mestrado será constituída por, no mínimo, dois membros examinadores titulares, sendo ao menos um deles externo ao programa;

II – a banca de doutorado será constituída por, no mínimo, três membros examinadores titulares, sendo ao menos um deles externo à Universidade. ¹

§ 1º Em casos excepcionais, além do número mínimo previsto nos incisos I e II deste artigo, a critério do colegiado delegado, poderá ser aceita, para integrar a banca examinadora, pessoa de reconhecido saber na área específica, sem titulação formal.

§ 2º Para garantir a composição mínima da banca, os programas poderão prever em seus regimentos o exercício da suplência interna e externa.

§ 3º A presidência da banca de defesa, que poderá ser exercida pelo orientador ou coorientador, será responsável pela condução dos trabalhos e, em casos de empate, exercer o voto de minerva.

§ 4º Membros da banca examinadora poderão participar por meio de sistemas de interação áudio e vídeo em tempo real.

¹ O PPGQ recomenda: 03 membros titulares, sendo 02 externos ao Programa (pelo menos 01 deles deve ser externo à UFSC);